segunda-feira, 30 de maio de 2011

Encontro de Jovens – Festa diocesana

Ainda a Festa não começara e já mais de trinta mantas de retalhos embelezavam as janelas do edifício do Seminário de Santarém e o Pátio das Palmeiras. Essas mantas foram o resultado da campanha de Advento proposta pelo Secretariado Diocesano da Catequese da Infância e da Adolescência. Foi interessante verificar que a partir de uma mesma proposta, em que na primeira semana era pedido aos catequizandos uma vela em tecido, na segunda semana tiras de tons acastanhados (lembrando a terra) e azulados (lembrando a água), na terceira semana corações e na quarta semana estrelas. Com esses elementos, cada paróquia compôs a sua manta, na qual deveria ainda inscrever o mote da diocese “A beleza do Amor que salva. Com estes dados, cada paróquia deu largas à sua criatividade, produzindo assim mantas únicas e diferentes.
Expostas que estavam a mantas a engalanar a nossa Sé, chegou o dia da Festa Diocesana. De paróquias de toda a diocese, centenas de pessoas afluíram à Sé ao encontro do seu Pastor. Entre esses vieram os adolescentes e os seus catequistas. Após o acolhimento e a apresentação das paróquias na Sé, ocorreram encontros temáticos. Os adolescentes foram encaminhados para a antiga Escola Prática de Cavalaria, no Mosteiro de S. Francisco. Aí, entre catequistas e catequizandos, compareceram cerca de duas centenas de pessoas e foi-lhes proposto aprofundar o tema: “A vida é única e sagrada – Manifesta a Beleza de Deus”. No encontro utilizou-se o modelo catequético, assim no primeiro momento explorou a experiência de cada um. Solicitou-se que cada adolescente aprofundasse a questão “Quem sou eu?”, a par da resposta individual foi possível vislumbrar alguns traços comuns e a partir dai cada grupo elaborou um pequeno cartaz. No segundo momento, a experiência humana é iluminada com a Palavra de Deus. O texto bíblico do jovem rico (Mt 19, 16-2) foi proclamado e, usando a uma metodologia inspirada na Lectio Divina, procurou-se que os adolescentes reflectissem sobre a sua vida, certos que a sua adesão a Jesus e à Igreja exige uma mudança de vida, englobando todas as dimensões da fé, conjugando-as com equilíbrio e harmonia. Concluídos estes dois momentos, os adolescentes foram convidados a irem até à Igreja da Piedade, onde numa atmosfera de contemplação e recolhimento houve um momento de oração. Quando necessário imperou o silêncio e os adolescentes desafiados a responderam positivamente ao convite de Jesus “vem e segue-me”.
A todos aqueles, particularmente os catequistas que contribuíram para o êxito de Encontro de Adolescentes e exposição de mantas o nosso obrigado e reconhecimento.

sábado, 14 de maio de 2011

Festa Diocesana

Ora viva
Caríssimos Catequistas
Dia 29 de Maio os adolescentes da catequese ( do 6º ao 9º catecismo) são convidados a participar na FESTA DIOCESANA, estando presente no acolhimento, depois no atelier que lhe está destinado e na parte da tarde na grande festa. Os acólitos devem trazer alva.
Os catequizandos do 10º, 11º de 12º poderão participar nas actividades dos jovens.
O atelier dos adolescentes inicia-se pelas 11,15H e o 1º e 2º momento vai funcionar na escola prática de cavalaria, o 3º momento será depois numa igreja a indicar.
Todo atelier está centrado na PALAVRA DE DEUS e partindo daí, com a minha vida entro em oração. Não necessitam preparar nada para o 3º momento Contemplação.
Já realizámos uma reunião preparatória em Santarém, no entanto, voltamos a enviar o material necessário para o funcionamento do atelier. Seria importante que todos os adolescentes pudessem fazer esta experiência de igreja. (esse material também se disponibiliza aqui)
Qualquer duvida podem colocar por email ou pelo 936611874.
Voltamos a informar que as mantas da campanha do advento devem ser entregues na Livraria ou no Sr Domingos ( Seminário de Santarém) até 6ª feira dia 27 de Maio.
Com amizade, um abraço
Para mais informações consultar o sitio do evento http://www.festadiocesana.com/ .

"Educar em tempo de crise"

EDUCAR EM TEMPO DE CRISE
Estão em curso as matrículas nas Escolas. Os pais e encarregados de educação, que são os principais e mais influentes educadores, mostram-se cada vez mais empenhados no desenvolvimento integral dos seus educandos.
Este crescimento harmonioso que todos desejamos não se realiza apenas através da inteligência, da aquisição de competências ou da obtenção de resultados; a educação do espírito, a educação para a beleza e para a cultura, para a ética e para a moral, a educação para os afectos, também concorrem para o desenvolvimento das potencialidades dos mais novos.
A educação para a ‘pessoa’ alcança-se com o conhecimento e com a aprendizagem de uma atitude interessada e construtiva, com o exercício da honestidade e da responsabilidade pelo bem comum, com o cultivo da alegria e da boa relação. 
Só conseguiremos alcançar uma educação integral e harmoniosa com o contributo conjugado de todas as forças vivas da sociedade: da família e encarregados de educação; das escolas; das comunidades cristãs; das associações culturais e desportivas; dos meios de comunicação social, etc. A educação global não se alcança apenas com os programas do “Ministério da Educação” - embora estes sejam fundamentais, mas com a colaboração empenhada e complementar de pessoas e instituições apostadas em construir uma sociedade mais justa e fraterna.
A Igreja Católica sempre se dedicou à educação de todas as idades (infância e adolescência, juventude, adultos e idosos) e ao desenvolvimento de todas as dimensões da pessoa humana: cognitiva, ética, afectiva, cultural, espiritual.
Esta preocupação pela plenitude da pessoa humana levou à criação do serviço de educação moral nas escolas públicas através da disciplina da “Educação Moral e Religiosa Católica” (EMRC). Não é ensino confessional, como a catequese, mas transmissão dos valores humanos e das referências que constituem o nosso património cultural de matriz cristã: compreensão do mundo e do homem, história e papel das religiões, participação activa na comunidade, promoção da solidariedade, educação para a responsabilidade, para a alegria e para a boa relação.
Procurem os pais exercer o seu direito de matricular os filhos na disciplina da educação moral (EMRC) desde os primeiros anos da escola. O primeiro ciclo do básico é muito importante por ser o alicerce do percurso escolar. Até aos dezasseis anos pertence aos pais fazer a matrícula. Após essa idade são os educandos que fazem a opção. A frequência é facultativa mas, quando pedida, a oferta é obrigatória da parte dos estabelecimentos de ensino. Se os pais desejarem as escolas não deixarão de responder.
A crise que nos preocupa não é só económica mas também ética. O egoísmo é maior, as fraudes aumentam, as desigualdades são mais gritantes, o respeito pela dignidade do outro parece diminuir. São os próprios fundamentos éticos da sociedade que estão hoje em questão. A educação moral e religiosa escolar pode ser um bom contributo para vencer a crise moral e incutir uma atitude construtiva e responsável perante a vida.
Santarém 12 de Maio de 2011
+ Manuel Pelino Domingues, Bispo de Santarém

Campanha da Quaresma, em Tomar

Ora viva:
A Catequese de Tomar partilha connosco a forma como decorreu a campanha da quaresma na região:
«No sentido de partilharmos a vivência da quaresma na nossa Paróquia (Catequese e restante Comunidade), por ter sido vivida com entusiasmo pelos intervenientes, em que as próprias crianças ornamentaram duas cruzes presentes nas igrejas de S João e Stª Maria dos Olivais enviamos as fotos da cruz que foi sendo construída semanalmente na paróquia durante a quaresma, que foi proposta pela sdcia.
As flores foram executadas pelas crianças e familiares em papel visto estarmos em período de preparação para celebração da Festa do Espírito Santo/ Tabuleiros.
Cada flor representa a vivência da quaresma e a passagem para a vida nova de cada catequizando
Esta Campanha foi acompanhada pelos párocos que nas missas dominicais foram aprofundando esta dinâmica integrando-a na Liturgia de cada Domingo.
Saudações Pascais destes seus amigos da Catequese de Tomar.»

terça-feira, 3 de maio de 2011

Ora viva
Está a chegar o dia da Festa Diocesana. Para mais informações consultar o sitio do evento http://www.festadiocesana.com/ .